Beneficiários do INSS: Como Solicitar Seu Auxílio-Doença Online e Saltar a Fila Agora!

Os trabalhadores que precisam se afastar temporariamente de suas atividades podem contar com o benefício do auxílio-doença. Conhecido também como auxílio por incapacidade temporária, esse direito é garantido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos segurados que, por alguma razão, encontram-se impossibilitados de realizar suas funções profissionais.

Ainda que seja um direito assegurado, há requisitos que precisam ser cumpridos pelo segurado para que seja possível usufruir do auxílio-doença. Comumente, é exigida a comprovação de incapacidade temporária, que é feita por perícia médica. Além disso, é necessário que o segurado cumpra período mínimo de contribuição de 12 meses, conhecido como carência.

Continue a leitura e confira as novas possibilidades de solicitação do auxílio-doença do INSS.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS DE DO BLOG JOÃO FINANCEIRA pelo WhatsApp

Novidades na solicitação do auxílio-doença do INSS

Estamos vivendo um cenário de mudanças pensadas para melhorar o atendimento aos segurados. Recentemente, o INSS implementou alterações significativas na forma de solicitar o auxílio-doença. Estas mudanças surgiram principalmente devido à grande demanda que se acumulava na fila de espera do benefício.

Leia mais: Disponível mais de R$20 mil para beneficiários do INSS com novo Aumento do Salário! Consulte

O cenário ficou ainda mais desafiador por conta da pandemia, que impôs restrições e criou obstáculos para o deslocamento até as agências do INSS. Visando facilitar o processo e diminuir o número de solicitações na fila, o INSS passou a realizar uma análise documental. Isso significa que, em muitos casos, os segurados não precisam mais se deslocar até uma agência para se submeter à perícia médica.

Como realizar a solicitação do auxílio-doença?

Inicialmente, é preciso ter os documentos certos em mãos. Esses incluem informações detalhadas sobre a doença (como o Código Identificador da Doença), informações sobre o tempo de afastamento previsto e dados completos do profissional responsável pelo diagnóstico, inclusive com o número de registro profissional.

Leia mais: Idosos Preparem-se: Isenção do IPTU em 2024 é realidade! Saiba mais

Com os documentos em mãos, o próximo passo é anexá-los no sistema de atendimento do INSS. Para realizar isso, basta clicar no sinal de “+” e avançar. Com esses simples passos, é possível enviar uma solicitação de auxílio-doença sem a necessidade de se deslocar até uma agência.

Essa mudança no processo traz alívio às filas de atendimento e torna o processo mais acessível para os trabalhadores em meio à crise sanitária atual. Portanto, é essencial ficar atento às normas e procedimentos, para assegurar os direitos perante o sistema previdenciário brasileiro.

Leia mais: Saque Emergencial PIS/PASEP: Como resgatar suas cotas de 1971 a 1988

Veja também:

Doenças que dão direito a aposentadoria do INSS. (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.