TEM MAIS DE 60 ANOS? Descubra Agora 4 Direitos que Muitos Desconhecem!

Ao atingir a marca dos 60 anos, uma fase marcante da vida, muitos desconhecem os direitos que têm à disposição.

Hoje vamos explorar quatro direitos fundamentais dos idosos, visando esclarecer informações que, por vezes, passam despercebidas.

Se você tem mais de 60 anos, continue a leitura para saber mais!

Prioridade processual: seu direito à celeridade na justiça

Pessoas a partir dos 60 anos possuem direitos que muitas vezes não sabem têm. (Fonte: Edição/Jornal JF)
Pessoas a partir dos 60 anos possuem direitos que muitas vezes não sabem têm. (Fonte: Edição/Jornal JF)

Um dos direitos essenciais, mas muitas vezes ignorado, é a prioridade processual. Ao completar 60 anos, você adquire o direito de ter suas demandas judiciais tratadas com maior rapidez. Em outras palavras, se você ingressar com um processo, como, por exemplo, no INSS, a lei determina que a justiça deve priorizar seu atendimento, analisando o caso e efetuando pagamentos devidos de forma mais célere (rápida).

Leia mais: Entenda o Processo de Prova de Vida do INSS e Evite a Suspensão do Seu Benefício!

Essa prioridade está amparada pelo Código de Processo Civil, que estabelece que todas as etapas processuais relacionadas a partes com 60 anos ou mais devem receber tratamento prioritário.

Portanto, para garantir esse direito, basta requerer expressamente essa prioridade por meio de petição, acompanhada dos documentos que atestem a condição de idoso.

Assim, é simples assegurar que a justiça trate suas questões com a urgência merecida.

CLIQUE AQUI e receba as principais notícias da JOÃO FINANCEIRA pelo WhatsApp

Outro direito pouco conhecido é a assistência à saúde prioritária.

Conforme o Estatuto da Pessoa Idosa, lei federal de número 10.741, qualquer serviço de saúde é obrigado a atender prioritariamente os idosos. Essa legislação visa garantir que, ao buscar assistência médica, idosos recebam atendimento imediato.

Leia mais: Nova Carteirinha do INSS para 2024 – VEJA COMO SOLICITAR

É importante compreender que a recusa, a demora ou qualquer dificuldade no atendimento configura crime, conforme estabelecido pela mesma lei.

Portanto, ao se deparar com situações desse tipo, os idosos têm o direito de exigir seu atendimento prioritário. Informação é poder, e ao conhecer essa garantia legal, os idosos podem reivindicar o respeito e cuidado que merecem no âmbito da saúde.

Pensão alimentícia para idosos: um direito que muitos desconhecem

Poucos têm conhecimento de que, em situações em que a aposentadoria ou pensão não são suficientes, o idoso tem o direito de solicitar uma pensão alimentícia de seus familiares. Essa medida pode ser direcionada a pais, filhos, netos ou cônjuges, e a lei é clara quanto à responsabilidade de fornecer o suporte financeiro necessário para o bem-estar do idoso.

Em caso de recusa por parte da família, o idoso tem respaldo legal para entrar com uma ação de alimentos na justiça. O juiz, ao analisar as condições financeiras, determinará o valor justo da pensão, assegurando que o idoso tenha o suporte adequado para sua subsistência. Esse direito, muitas vezes ignorado, é uma ferramenta importante para garantir o conforto e dignidade na terceira idade.

Leia mais: Margem Social será liberada em 2024? Entenda os critérios e benefícios dessa linha de crédito!

Benefício de prestação continuada (BPC)

Por fim, um dos direitos mais impactantes e frequentemente desconhecidos é o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

A Constituição Federal, em seu artigo 203, estabelece que o idoso tem o direito de receber mensalmente um benefício de prestação continuada. Esse benefício, no valor atual de R$ 1.412, é destinado a garantir uma renda mínima para aqueles que necessitam, independentemente de contribuição para a Seguridade Social.

Essa disposição legal é clara ao afirmar que o idoso, considerado pessoa pobre juridicamente, tem direito a essa assistência social. O legislador, ao inserir essa medida na Constituição, objetivou proporcionar uma rede de apoio financeiro aos idosos, reconhecendo a importância de assegurar uma qualidade de vida condizente com a dignidade humana.

Veja Também:

GOVERNO ANTECIPA 13 SALÁRIO INSS 2024 + AUMENTO de SALÁRIO ACIMA do MÍNIMO (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!
Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.