Pagamento Extra em FEVEREIRO Confirmado para Este Grupo – Veja do que se trata e quem terá direito

A expectativa dos trabalhadores brasileiros está em alta com a divulgação do pagamento do PIS/PASEP para o ano de 2024, após ter saído recentemente pelo Governo Federal. Este benefício, calculado com base no ano de 2022, traz o pagamento de valores que podem chegar a até R$ 1.412 para profissionais de diversas categorias. Uma notícia que não apenas desperta interesse, mas também sinaliza para uma potencial melhoria nas condições financeiras de muitos trabalhadores. Assim, veja a seguir mais detalhes do pagamento do abono salarial.

Quem terá direito ao saque do PIS/PASEP?

O benefício do PIS/PASEP é destinado a profissionais que atendem a critérios específicos estabelecidos pelo governo. Para se qualificar e usufruir do pagamento, é crucial observar algumas regras determinadas:

Leia mais: Reajuste do INSS: Novos valores para aposentados e pensionistas em 2024 e como consultá-los

  • Estar devidamente inscrito nos programas do PIS/PASEP por um período mínimo de cinco anos;
  • Ter trabalhado formalmente por, pelo menos, 30 dias consecutivos ao longo de 2022;
  • Ter recebido uma remuneração que não ultrapasse dois salários mínimos;
  • Manter as informações trabalhistas devidamente atualizadas na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Esses critérios são fundamentais para garantir que o pagamento do PIS/PASEP alcance aqueles que verdadeiramente atendem às condições estabelecidas em 2024. Esteja ciente das exigências e aproveite os recursos disponíveis para quem se enquadra nesses parâmetros.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do Jornal JF pelo WhatsApp

Calendário de pagamentos do PIS/PASEP

A tão aguardada consulta aos valores do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) para o ano de 2024 já está disponível a desde segunda-feira (5). Agora, os trabalhadores podem conferir as datas específicas e o banco responsável pelos pagamentos.

De acordo com informações do Ministério do Trabalho e Emprego, todos os detalhes podem ser acessados pelos trabalhadores na Carteira de Trabalho Digital e no portal Gov.br. Entretanto, é importante ressaltar que o pagamento do PIS/PASEP só terá início a partir de 15 de fevereiro de 2024.

Leia mais: INSS 2024: Descubra Quem Tem Direito e Como Será o Pagamento do 13º Salário

Neste ano, houve uma mudança positiva no calendário de pagamento, que agora foi unificado para os trabalhadores tanto da iniciativa privada quanto para aqueles que atuam no serviço público. A distribuição do benefício considerará o mês de nascimento dos trabalhadores.

No calendário de 2024, aproximadamente 24.874.071 trabalhadores terão direito ao abono salarial, totalizando um gasto estimado de R$ 27 bilhões. Desse montante, 21.982.722 abonos destinam-se a trabalhadores de empresas privadas, que receberão pela Caixa Econômica Federal. Enquanto outros 2.891.349, com vínculo público, receberão pelo Banco do Brasil.

Leia mais: Novas Taxas de Juros para Empréstimo Consignado do INSS em 2024: Confira as Mudanças!

O valor do abono salarial variará entre R$ 118,00 e R$ 1.412,00, levando em consideração a quantidade de meses trabalhados durante o ano-base de 2022. O recente aumento do salário-mínimo resultou em ganhos reais para os beneficiários, proporcionando um acréscimo de até R$ 92,00 no benefício. Esteja atento aos prazos e informações para garantir que você receba neste importante benefício salarial.

Calendário do PIS/Pasep unificado para 2024. (Fonte: Edição/Jornal JF)
Calendário do PIS/Pasep unificado para 2024. (Fonte: Edição/Jornal JF)

Veja Também:

CAIXA ECONÔMICA acaba de LIBERAR NOVA GRANA para quem TRABALHOU de 1971 a 1988 – VEJA AGORA (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.