DENGUE NO BRASIL – cuidados especiais para os idosos

O aumento dos casos de Dengue no Brasil entre os idosos é uma preocupação destacada pela Secretaria de Saúde em todo país. Afinal, isso é devido à maior fragilidade imunológica dessa faixa etária.

Por isso, é importante tomar cuidado e ter medidas preventivas diárias. Isso porque o mosquito que transmite a doença gosta de água parada.

Aqui estão os principais pontos abordados e as medidas recomendadas para lidar com essa situação. Veja mais.

Situação Atual da Dengue no Brasil

Aumenta o número de caso de Dengue no Brasil entre idosos
Aumenta o número de caso de Dengue no Brasil entre idosos (Fonte: Reprodução Google)

No primeiro mês de 2024, registraram-se 2.395 casos de dengue entre os idosos no Distrito Federal, com a faixa etária de 70 a 79 anos liderando em incidência. Portanto, são 605 casos por 100 mil habitantes. Mas a nível Brasil, o número pode ultrapassar os 4 milhões!

Leia mais: SERASA VAZA DADOS E PODERÁ PAGAR FORTUNA EM INDENIZAÇÃO – Veja como solicitar seu pagamento

Os idosos enfrentam maior propensão à hospitalização e ao desenvolvimento de formas graves da doença. Afinal, apresentam até 12 vezes mais risco de mortalidade pela dengue, conforme estudos.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do Jornal JF pelo WhatsApp

Sintomas e Alertas

É importante estar atento aos sintomas graves, como febre alta, sangramento de mucosas, vômitos persistentes, dor abdominal intensa, pressão baixa e desmaios.

Portanto, se alguns desses sintomas persistir, o ideal é procurar ajuda médica. Vale ressaltar que, muitas vezes, os sintomas persistem por meses devido ao processo de inflamação desencadeado pela picada do mosquito.

Leia mais: Justiça libera R$ 1,5 bilhão para atrasados do INSS: Veja se você tem direito

Prevenção e Cuidados

Veja abaixo alguns cuidados e modo de prevenir a Dengue no Brasil:

  • Medidas Físicas de Proteção: Uso de telas mosquiteiras e vestimentas que cubram o corpo.
  • Medidas Químicas: Uso de repelentes à base de DEET, IR3535 ou Icaridina nas partes expostas do corpo e nas roupas.
  • Medidas Preventivas: Melhoria do saneamento básico, manejo ambiental e participação comunitária para evitar a infestação domiciliar do mosquito.

Recomendações Específicas para Uso de Repelentes

Apesar do uso do repelente ser um modo de prevenção, é necessário saber usá-lo. Veja como fazer o uso certo do produto:

  • Crianças Menores de 2 Anos: Não é recomendado o uso de repelente sem orientação médica.
  • Crianças de 2 a 12 Anos: Devem usar concentrações de até 10% de DEET, no máximo três vezes ao dia, com observância do registro em órgão competente.

Leia mais: Carteirinha do Idoso no INSS 2024: Aposentados Ganham Mais Benefícios – Saiba Tudo!

Essas medidas visam proteger os idosos e toda a população contra a dengue, uma doença que pode ter complicações graves, especialmente em grupos vulneráveis como os idosos. O acompanhamento médico e a busca por cuidados adequados ao menor sinal de sintomas são essenciais para um tratamento eficaz e para prevenir complicações.

Veja Também:

SAIU AGORA INSS: ADIANTAMENTO para APOSENTADOS e PENSIONISTAS 13 SALÁRIO ADIANTADO + 2 SURPRESAS (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias. Então clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.